• Transforma News

27 anos sem Kurt Cobain, o líder de uma das maiores bandas grunge de todos os tempos


Foto: Reprodução

É difícil acreditar que já se passaram 27 anos desde a partida precoce de um dos maiores ícones do rock mundial.

A história de Cobain, o uso de drogas e sua dificuldade em manter a saúde mental são bem conhecidos. Até hoje, ele ainda é lembrado como o relutante astro do rock. Um homem que não estava pronto para o enorme sucesso e fama que o Nirvana reuniu em um curto espaço de tempo.

É fácil ficar lembrando de sua morte, das inúmeras teorias em torno dela e seu abuso de drogas, mas devemos nos lembrar de Cobain pela música incrível que ele nos deixou. Nevermind e In Utero são álbuns icônicos. Eles redefiniram o rock; você não precisava de um artifício, brilho ou glamour para ser um rockstar. Tudo que você precisava era paixão e algo a dizer.

Com músicas como “Smells Like Teen Spirit”, “Serve the Servants” e “Something in the Way”, ele foi a voz de uma geração que se sentia ignorada e sozinha. Com um futuro sombrio, esses adolescentes agora tinham uma válvula de escape, alguém que os entendia, alguém a quem recorrer como fonte de conforto. As novas gerações ainda estão descobrindo esses registros e se conectando com os sentimentos de alienação, solidão, depressão e rebelião de Cobain.

Muitas vezes, Cobain é lembrado por suas lutas e morte prematura. Mas ele deve ser lembrado por sua música inovadora. Então, para celebrar a vida de Cobain, confira abaixo algumas das performances mais memoráveis ​​do Nirvana:

Matéria: Kika Mesquita