• Transforma News

Há 21 anos, Santana ganhava oito prêmios Grammy com o álbum “Supernatural”


Foto: Reprodução

Em 23 de fevereiro de 2000, Santana ganhava oito prêmios Grammy pelo álbum “Supernatural”. O décimo sétimo álbum de estúdio da banda, que é formada por grandes músicos e acompanha o genial guitarrista e compositor Carlos Santana desde a década de 1960, foi gravado em 1999. "Supernatural" trouxe uma pegada mais pop que foi extremamente bem-sucedida, vendendo mais de 25 milhões de cópias em todo o mundo. Com colaborações de nomes de peso como: Eric Clapton, Dave Mathews, Lauryn Hill, Everlast, entre outros, o álbum produziu grandes sucessos e liderou as paradas ao redor do mundo. O hit “Smooth”, que contou com os vocais de Rob Thomas, do Matchbox Twenty, chegou ao topo da Billboard onde permaneceu por doze semanas. O single seguinte, Maria Maria, com a colaboração do Product G&B, também ocupou a primeira posição da parada por 10 semanas.

O álbum emplacou oito Grammys: Álbum do Ano, Álbum de rock do ano, Recorde do ano para "Smooth" (feat. Rob Thomas), Canção do ano por "Smooth", Melhor colaboração pop com vocais para "Smooth", Melhor Performance Pop de Duo ou Grupo com Vocal para "Maria Maria", Melhor Performance Instrumental Pop para "El Farol", Melhor Performance de Rock de Duo ou Grupo com Vocal para "Put Your Lights On" (feat. Everlast), Melhor Performance Instrumental de Rock por "The Calling" (feat. Eric Clapton). Os compositores de Smooth, Rob Thomas e Itaal Shur, também levaram um Grammy.

Matéria: Kika Mesquita