• Transforma News

Há 59 anos, Bob Dylan lançava seu álbum de estreia


Foto: Reprodução/Getty Images

Tocando em bares do boêmio bairro Greenwich Village, em Nova York, no ano de 1961, o jovem Bob Dylan conheceu o jornalista Robert Shelton, crítico de música do New York Times, que escreveu uma resenha sobre um show expressivo do artista. Algumas semanas depois, John Hammond, grande produtor da Columbia, famoso por descobrir talentos como Aretha Franklin e Billie Holiday, convidou Dylan para integrar a gravadora.

A gravações do primeiro disco do promissor artista aconteceram nos dias 20 e 22 de novembro de 1961 e custaram apenas 402 dólares. O material consistiu em releituras de músicas folk e blues, além de duas composições de sua autoria.

Lançado em 19 de março de 1962, o disco não teve um retorno expressivo em vendas, não entrou nas paradas de sucesso e foi considerado um fracasso pelos executivos da Columbia. John Hammond defendeu Dylan e um mês após o lançamento da estreia, eles retornaram ao estúdio para a primeira sessão de gravação do próximo trabalho. Focado em causas políticas, o artista gravou "The Death of Emmett Till" e "Talkin' John Birth Paranoid Blues" e meses depois gravou "Blowin' In The Wind". Em 1963, Bob Dylan lançava o álbum "The Freewheelin", que transformaria sua vida.

O primeiro lançamento de Dylan foi apenas passo inicial para uma grande carreira que estourou, gradualmente, e presenteou o público com grandes obras que entraram para a história da música mundial.

Ouça abaixo o álbum “Bob Dylan” na íntegra:

Matéria: Kika Mesquita