• Transforma News

Há 81 anos, Judy Garland gravava "Over the Rainbow", para O Mágico de Oz


Em 28 de julho de 1939, Judy Garland gravava "Over the Rainbow", uma das mais famosas canções do final da década de 1930.

Muitas pessoas dizem que esta música personifica as esperanças e sonhos de juventude sobre um mundo ideal de amor e alegria, trazendo consigo um universo de esperança e otimismo. Foi especialmente composta por Harold Arlen e Yip Harburg para a personagem de Judy Garland no filme O Mágico de Oz, de 1939. Posteriormente a canção acompanharia a atriz durante toda a sua vida e em todas as suas aparições públicas ela era solicitada a cantá-la.

Sua melodia melancólica e letra simples representam o desejo de uma pré-adolescente de escapar da desesperança do mundo, desde a tristeza da chuva até o brilho de um novo mundo "além do arco-íris" ("over the rainbow"). Expressa a crença infantil de que o "céu" magicamente abrirá uma porta de um lugar "onde os problemas se derretam como balas de limão" ("where troubles melt like lemondrops").

A canção atravessou gerações, ganhou versões em outros idiomas e regravações de vários artistas, de Willie Nelson a Rufus Wainwright e o elenco de Glee, e até foi usada pela NASA para acordar seus astronautas.