• Blog Transforma

O início, o fim e os meios

Quando um novo trabalho musical realmente começa? Quando você idealiza? Quando você realiza? Quando você divulga? Quando te descobrem? Quando viraliza?



De repente você tem uma ideia, começa a divagar, percebe que a energia está fluindo e continua a desenvolver aquela suposta genialidade de momento. A partir daí tudo pode acontecer, ou não. Depende muito do quanto você vai se dedicar a alcançar seus novos e grandiosos objetivos. De fato, as grandes ideias estão sempre permeando as nossas cabeças, flutuando no ar, como linhas de transmissão, desesperadas para serem encontradas e a fim de cumprir sua missão de expandir e completar seu trajeto até os olhos e ouvidos do maior número de pessoas.


E o que podemos fazer para que isso aconteça? E como podemos agir para que sejamos canalizadores dessas ondas de boas ideias sem dono que circulam por aí?


Não existe uma resposta conclusiva para o ideal a ser feito, porém podemos analisar de acordo com o que já vimos através dos meios de comunicação, dos livros, das histórias contadas por quem conseguiu captar algumas essas ideias e transforma-las em obras notáveis. Só não podemos deixar de filtrar o que nos influencia, para que possamos agregar nossas percepções com personalidade.


Eduardo Tchello

Diretor Artístico da Agência Transforma